Compartilhe

Autorizada construção de Central de Resíduos sólidos em Campo Belo do Sul

Publicado em 30/11/2018 às 16:35 - Atualizado em 30/11/2018 às 16:35

O prefeito de Campo Belo do Sul José Tadeu Martins de Oliveira e a deputada federal Carmen Zanotto assinaram na manhã desta sexta-feira (30), a ordem de serviço para construção do barracão onde funcionará a Central de Gerenciamento de Resíduos Sólidos que atenderá também, as demandas de Capão Alto, Cerro Negro e Anita Garibaldi.

O investimento será de R$ 467 mil e o prazo para conclusão é de 120 dias. De acordo com o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos construído pelo Consórcio Serra Catarinense – Cisama em parceria com a Universidade do Estado de Santa Catarina – Udesc, foram estabelecidos setores. O de Campo Belo do Sul, denominado Setor Sudoeste, agrupará todo volume de resíduos domésticos num terreno preparado há cerca de cinco quilômetros do perímetro urbano.

Pelo que explicou o secretário executivo da Amures/Cisama Selênio Sartori, na Central será feita recepção e separação dos resíduos. “Só precisamos que a população separe o lixo seco do úmido porque a coleta será intercalada com a coleta tradicional. Com isso será gerado emprego e renda para várias famílias, além do aproveitamento da matéria-prima que seria descartada como lixo”, declarou Selênio Sartori.

A empresa responsável pela construção do barracão com cerca de 400 metros quadrados é a Rodrigo Cunha Ventura. Os prefeitos de Anita Garibaldi Aires Tadeu Ramos Furtado, Cerro Negro Ademilson Conrado e de Capão Alto Tito Pereira Freitas, acompanharam a solenidade no gabinete do prefeito José Tadeu de Oliveira.

 

Gestão cooperada entre catadores

 

Uma organização em forma de cooperativa com catadores dos quatro municípios irá gerenciar a Central de Resíduos. Cada município participante da solução conjunta dará como contrapartida R$ 18 mil. Depois da construção do barracão a meta seguinte será aquisição de equipamentos como esteira e prensa, que já está com recursos de R$ 197 mil assegurados, para só depois iniciar a coleta seletiva efetivamente.

O prefeito de Campo Belo do Sul, José Tadeu Martins de Oliveira, disse que os resíduos domiciliares sólidos, são apenas um dos itens do saneamento básico. “Esta unidade de reciclagem é um marco para nós, porque estamos fazendo gestão compartilhada com os catadores, de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos”, disse o prefeito.

Os recursos tanto da construção do barracão quanto dos equipamentos são de emenda da deputada federal Carmen Zanotto. Ela lembrou que este processo de criação do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos iniciou há cinco anos e hoje começa se tornar realidade.

“Esta emenda é impositiva e está assegurada. Com isso garantimos efetivamente uma solução para um problema comum destes municípios”, comentou Carmen Zanotto. Depois da assinatura do contrato que autoriza a execução da obra, os prefeitos, a deputada e as autoridades foram visitar o terreno que já tem terraplenagem pronta para a execução do barracão pré-moldado.

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Rua Otacílio Vieira da Costa, 112, Centro, Lages - SC
CEP: 88501-050